Oração da Páscoa ♡

Pai,
A tua presença é certa na minha casa nesta páscoa.
Eu e minha família te recebemos com cânticos, louvores e adoração.
A minha casa é a sua casa. E aqui suplico: resida para sempre.
Tua presença é a certeza da minha paz, segurança e de que não vou perecer.

Pai,
Nesta páscoa eu quero ser resgatada (o) por ti.
Quero que o Senhor me tire da escuridão da dúvida, do medo e da miséria e me coloque novamente no caminho da luz, da retidão e do teu amor.
Permita-me suplicar: Me tira dessa situação difícil, humilhante e dolorosa. Eu quero recomeçar, renascer e escrever uma nova história com a sua ajuda, apoio e amor.

Eu me lembro dos dias felizes. Que saudade sinto.
Me ensina a ser feliz novamente, me mostra como voltar a ter paz e caminhar na tua direção, pai.

O Senhor é o meu Deus e sempre será. Digno de louvor, adoração e gratidão.
Nesta páscoa, eu vou aguardar a tua visita no meu coração.
Nesta páscoa, eu vou preparar um banquete para ofertar a ti.

Na minha mesa haverá fartura de glória, manjar de contentamento pela sua existência e o pão da alegria para alimentar o espírito de todo aquele que estiver abatido.

Encosto o meu rosto na beirada da janela e contemplo a paisagem ao redor, sinto um vento suave tocando o meu rosto, movimentando o meu cabelo e em instantes recebo uma paz sobrenatural que desperto todos os meus sentidos e me desperta para a vida novamente.
Não é o vento. É o Senhor que chegou antes da páscoa. É o Senhor que nunca foi embora.

 O Senhor que sempre esteve ao meu lado. O Senhor que sabe das minhas chagas, dores, enfermidades, lamurias e tristezas. O Senhor que derrubou a muralha do meu medo, da minha vaidade e das minhas limitações e me mostrou que nada o impede de ser Deus, aquele que cumpre, estabelece e realiza o impossível para todo aquele que crê.

Eu não te vejo, pai.
Mas eu te sinto: tão perto, tão vivo e tão inspirador.
Eu te louvo e te reconheço como meu mestre, meu pai e meu doce amigo.

Amém.

Vamos orar juntos nessa páscoa? Clique aqui: