❤️ O coração também chora

Às vezes dói.
Às vezes o coração chora e sangra de emoção, de tristeza, de humilhação.
Às vezes demoramos compreender a razão de ser de cada coisa e do jeito de ser do outro.
Sempre que surge a lembrança dolorosa da mentira, da traição e da falsidade dói lá no fundo da alma e dói porque ainda não perdoamos e a falta de perdão impede a cicatrização da ferida.
 Viver é isso. Um fluir constante de sensações e sentimentos, nem sempre bonitos, nem sempre saudáveis. Uns impulsionam nossa queda e outros o nosso crescimento.
Quando o grito surge, quando a palavra insulta, quando a mão que antes acariciava espanca depara-se com uma nova ferida. 
E ao longo da vida vamos acumulando e um dia sentamos para falar sobre cada uma com um psicólogo da vida ou com um amigo em uma mesa de bar. Mas nem um e nem o outro é bom o bastante para nos fazer esquecer o que não deveríamos nos lembrar.

O rio segue o seu fluxo e nós seguimos nossas vidas. Às vezes aos trancos e barrancos, às vezes alternando choro e sorrisos. Seguimos com firmeza ou incerteza. Apenas seguimos adiante com uma esperança e uma fé inexplicável de respirar novamente, acordar novamente e ser feliz novamente.